Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Serviços de ginecologia serão fechados no HMMDI  07/04/2017

Os médicos do corpo clínico do Hospital da Mulher e Maternidade Dona Iris (HMMDI) se reuniram em Assembleia Geral Extraordinária Permanente (AGEP), nesta quinta-feira (6), convocada pelo Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO),  para discutir sobre o fechamento de serviços e como será feita a realocação dos profissionais médicos. 

 

Durante a reunião os profissionais elencaram os diversos procedimentos médicos  que deixarão de ser realizados no HMMDI, entre os quais destacamos: ginecologia clínica e cirúrgica, mastologia, ultrassonografia e pediatria clínica e cirúrgica, como por exemplo planejamento familiar, colocação de DIU, climatério, colonoscopia, biópsias de mama, ultrassom, histeroscopia cirúrgica, reconstrução de mama, mastectomia. 

 

Após ampla discussão, os presentes deliberaram, unanimemente, por questionar a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia e o Conselho Municipal de Saúde de Goiânia, através de ofício a ser encaminhado pelo SIMEGO sobre o fechamento dos serviços de ginecologia e a relocação dos profissionais. 

 

O presidente do SIMEGO, Rafael Cardoso Martinez, demonstrou muita preocupação com relação ao desmonte do  HMMDI. “O Hospital foi criado para dar atenção integral à mulher, com o fechamento dos serviços de ginecologia, perderá essa característica. Para onde serão direcionados os pacientes que eram atendidos na unidade hospitalar? Como ficarão os profissionais médicos que ali atuam? Para onde serão direcionados? E os residentes, profissionais em formação, que terão dificuldades em terminar sua especialização? Precisamos que a SMS de Goiânia esclareça esses pontos”, finalizou Martinez.

Compartilhe isso: