Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Nota de Esclarecimento - R$ 25 mil por plantão? 13/04/2017

O Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO) esclarece que a fala do prefeito de Goiânia, Iris Rezende, em entrevista ao jornal O POPULAR, publicada na edição da quarta-feira (12), sob o título "Tinha médico que fazia um plantão e recebia R$ 25 mil" não condiz com a realidade.

 

O prefeito parece desconhecer que nos contratos de credenciamento dos médicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia, que ainda estão vigentes, o valor pago por um plantão de 12 horas em uma localidade distante e com gratificação de emergêncista poderia chegar ao valor de R$ 1 mil, ou seja, um médico que faça 25 plantões por mês receberia em torno de R$25 mil. Desta forma, não há a possibilidade  de um médico receber o valor citado por um plantão. Distante do que alegou o prefeito. Reiteramos que não é de conhecimento do SIMEGO, cujos princípios se norteiam pela transparência, essencial para toda e qualquer instância da administração pública, contratos em que haja previsão de pagamentos com o valor citado por plantão. Estaria a prefeitura pagando mais do que a lei vigente autoriza?

 

É preciso ressaltar ainda as condições precárias de trabalho a que os profissionais ligados à área médica vêm sendo submetidos diariamente na luta, muitas vezes inglória, para praticar a medicina de forma ética e plena e assim prestar uma assistência digna e qualificada para a população. Nosso desejo é que não faltem medicamentos, insumos, exames ou segurança  para que o médico exerça a boa medicina. Gostaríamos que em sua próxima análise de gestão, o prefeito Iris Rezende pudesse nos brindar com a notícia que todos os problemas citados foram solucionados.  Que bom seria se os médicos deixassem de levar a culpa pelas mazelas da saúde pública.

 

Goiânia, 13 de abril de 2017. 

 

Rafael Cardoso Martinez

Presidente do SIMEGO

 

Compartilhe isso: