Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Médicos anestesiologistas atendem solicitação da SMS de Goiânia e prorrogam prazo para posicionamento oficial sobre as reivindicações da categoria 16/08/2017

Os médicos anestesiologistas vinculados à Secretaria Municipal de Saúde de (SMS) de Goiânia se reuniram em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada na noite desta terça-feira (15), na sede do Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO) para discutir sobre as próximas ações do movimento que deflagrou Estado de Greve na última semana. 

Após ampla discussão, os profissionais deliberaram por manter o Estado de Greve. Além disso, os médicos  acataram o pedido da SMS de Goiânia para prorrogação do prazo para resposta oficial do órgão às reivindicações da categoria até às 17 horas desta quarta-feira (16). 


Caso o prazo não seja cumprido, os médicos anestesiologistas paralisarão suas atividades a partir da zero hora da próxima segunda-feira (21). Apenas os atendimentos de urgência e emergência serão mantidos.

A categoria reivindica a regularização dos pagamentos dos valores em atraso. Os anestesiologistas vinculados à SMS de Goiânia estão  sem receber a complementação dos honorários médicos de procedimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desde o mês de agosto de 2016. Neste período, foram realizados 47.804 procedimentos de anestesia. 

Para a presidente do SIMEGO, Pabline Marçal, os médicos demonstraram sensibilidade e interesse em solucionar o problema. “Os médicos anestesiologistas deram à SMS de Goiânia mais um voto de confiança. Esperamos que a gestão municipal faça uma proposta viável,  com um cronograma de pagamento que contemple a categoria”, afirmou. 
A AGEP continuará aberta em caráter permanente, podendo ser reconvocada a qualquer momento

Compartilhe isso: