Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Médicos do Hospital Araújo Jorge intensificam movimento 03/05/2018

A irrregularidade nos repasses referentes ao pagamento dos honorários médicos  do Corpo Clínico do Hospital Araújo Jorge (HAJ) pela Prefeitura de Goiânia e o não  pagamento da competência outubro de 2016 foi pauta da Assembleia Geral Extraordinária, convocada pelo Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO), nesta terça-feira (23).  A reunião ocorreu no auditório da unidade hospitalar. 

 

    Os profissionais presentes afirmaram que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia não deu nenhum prazo para o pagamento da competência outubro de 2016. Além disso, eles solicitaram a intervenção do SIMEGO para que os pagamentos mensais sejam regularizados. O sindicato enviará um ofício com a pauta de reivindicações dos médicos para a Prefeitura de Goiânia e para a SMS de Goiânia. 

A presidente do SIMEGO, Pabline Marçal, afirmou que a situação é extremamente complicada. “Precisamos que a prefeitura se posicione de forma oficial e defina uma data para o pagamento da competência outubro de 2016. A pendência tem se arrastado há mais de um ano. Além disso, é preciso que os pagamentos tenham uma regularidade, os atrasos são constantes e causam muitos transtornos ao Corpo Clínico do Hospital Araújo Jorge. Esperamos que a gestão se sensibilize e solucione o problema o mais rapidamente possível para evitar que os médicos precisem agir de forma mais enérgica”, afiançou. 

Uma nova assembleia será marcada em data ainda a ser definida para que a categoria analise a resposta da prefeitura de Goiânia, bem como defina novas ações para o movimento paredista.

Compartilhe isso: