Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

NOTA DE REPÚDIO À RESOLUÇÃO CFM Nº 2.227/18 06/02/2019

O Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO), representante legítimo da categoria médica em Goiás, no que diz respeito ao trabalho médico, vem a público repudiar os critérios adotados pelo Conselho Federal de Medicina – CFM quanto à elaboração e publicação no Diário Oficial da União da Resolução CFM nº 2.227/18, que versa sobre a prática da Telemedicina no País.

O SIMEGO vê com preocupação a falta de transparência nos critérios adotados pelo CFM para a confecção da aludida resolução, sem o diálogo com entidades médicas ou com a categoria. Salientamos a preocupação de que tal medida traz prejuízo imensurável na relação médico-paciente, além de precarizar ainda mais o mercado de trabalho médico, com a eliminação de postos de trabalho. 

Para o bem do exercício ético da Medicina, bem como para a preservação da relação de confiança entre o profissional médico e o paciente, esperamos que a Resolução CFM nº 2.227/18 seja imediatamente revista e modificada para que a população e profissionais da área da saúde como um todo não sejam prejudicados. 

Reconhecemos a importância do uso das novas tecnologias, contudo, uma mudança tão brusca na relação médico-paciente deve ser amplamente discutida com a sociedade, para a construção de um conceito que leve em consideração todas as peculiaridades de uma atividade tão essencial à todos como é a Medicina.  

Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO)

Compartilhe isso: