Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Entidades questionam Ipasgo sobre não liberação de tomografias em finais de semana 27/07/2020

Goiânia, 27 de julho de 2020,

 

Ilustríssimo Senhor

Doutor Hélio Jose Lopes

Presidente, do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás – IPASGO

 

Av. 1 º Radial, nº 586 – Setor Pedro Ludovico, Goiânia/GO.

Cep.: 74.820-300

 

Assunto: Exames de Imagem não autorizados em finais de semana.

 

Senhor Presidente,

 

Vimos por meio deste, após o registro de inúmeras reclamações por parte de nossos filiados, federados e associados, tentarmos entender qual o motivo deste conceituado Instituto, que possui o maior número de beneficiários/usuários do Estado, não autorizar, ou no momento não estar autorizando, a realização de exames, como Tomografia Computadorizada, para seus usuários em finais de semana???

 

Estamos vivendo um momento inexplicável na área da saúde devido a essa pandemia, sabemos que existem inúmeras dificuldades, mas entendemos que o médico terá maior precisão em diagnosticar um paciente com os sintomas de Covid-19 com o resultado de uma tomografia em mãos. A realização deste exame, em muitos casos, tem se mostrado essencial para proporcionar maior confiança a todos que fazem parte do processo, agilizando e assegurando maior precisão ao diagnóstico e, consequentemente, ao tratamento necessário.

 

Mas infelizmente, quando o profissional solicita o exame de tomografia durante os finais de semana, o mesmo é reportado para autorização de auditoria do IPASGO, sendo que a resposta só é liberada na segunda-feira, o que compromete a sequência do atendimento ao paciente.

 

Como sabemos que o Instituto é um excelente plano de saúde, que preza por sua equipe de profissionais credenciados, acreditamos que, infelizmente, possa estar ocorrendo alguma falha no sistema. Por isso, solicitamos uma resposta com a maior brevidade possível sobre este problema, pois pacientes podem perder a vida por falta de um diagnóstico preciso e uma medicação responsável.

 

Contamos com seu apoio para solucionarmos este problema. Afinal, nossos profissionais da área da imagem, hospitais e médicos, não podem ser responsabilizados por atitudes unilaterais deste Instituto.

 

Aguardamos sua resposta para que juntos possamos informar aos prestadores de serviços credenciados.

 

 

Atenciosamente,

Compartilhe isso: