Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Fotos
Médicos da SMS se reúnem em AGE

Os médicos vinculados à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia estiveram reunidos em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), nesta terça-feira (24), na sede do Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO). Durante o encontro os médicos apontaram as inúmeras dificuldades enfrentadas pela categoria para conseguir prestar um atendimento digno à população goiana. 
Após ampla discussão os médicos presentes deliberaram por enviar um ofício ao Secretário Municipal de Saúde, Fernando Machado, apresentando as seguintes reivindicações: 

1- Reposição das perdas inflacionárias no vencimento (Data-Base Maio/2014) imediatamente;
2- Pagamento imediato do Adicional de Insalubridade no percentual correspondente a 40% (quarenta por cento) da remuneração básica percebida mensalmente pelo servidor médico, inclusive aos novos concursados;
2.1- Apresentação imediata perante o SIMEGO dos laudos emitidos que informam qual o grau de insalubridade de cada unidade de saúde;
2.2 – Que não seja retirado o adicional de insalubridade dos servidores que o recebem;
3- Pagamento da Gratificação de Movimentação aos servidores médicos;
3.1- Especificação de quais os critérios de avaliação para receber a gratificação de movimentação das unidades de saúde, bem como da unidade de difícil lotação;
4- Progressão paga imediatamente do cargo dos médicos que está em atraso, incluindo as de processos em andamento;
5- Formas de vinculação do médico ao serviço público com garantia de percepção de direitos trabalhistas e previdenciários, bem como provimento de cargos através de regular concurso público;
5.1- Transição de todos os credenciados para CTD;
6- Chamamento imediato dos concursados previsto no edital;
7- Equiparação salarial e da carga horária para os médicos desta Secretaria com a do programa “Mais Médicos”, ou seja, 32 (trinta e duas) horas de trabalho e 8 (oito) horas para capacitação;
8- Incorporação das gratificações no salário para o servidor efetivo, a partir de 10 (dez) anos contínuos;
9- Concessão do direito de férias independente do vínculo;
10- Piso salarial da FENAM atualmente fixado em R$ 10.991,19 (dez mil, novecentos e novena e um reais e dezenove centavos) como remuneração básica dos médicos vinculados a Secretaria Municipal de Saúde;
11- Concessão da licença prêmio de acordo com a lei (a cada 5 anos);
12- Melhoria das condições de trabalho e segurança nas unidades de saúde, assegurando a integridade física dos servidores médicos e a população assistida.

A AGE continuará aberta em caráter permanente. O prosseguimento da AGEP está marcado para a próxima quarta-feira (02), às 19 horas, na sede do Cremego, tendo como pauta a avaliação da resposta do Secretário e assim deliberar os próximos passos do movimento.