Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Fotos
Médicos mantêm movimento reivindicatório

Os médicos lotados na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia estiveram reunidos nesta quarta-feira (02) para o prosseguimento da Assembleia Geral Extraordinária Permanente (AGEP), convocada pelo Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO). Na ocasião foi analisada a resposta da SMS de Goiânia aos pleitos da categoria.

Entre os principais pontos do ofício com a resposta da SMS podemos destacar:

Data Base maio/2014 – Segundo a SMS a Data-base será concedida aos servidores a partir de fevereiro de 2015, no percentual 6,28% em três parcelas. Os médicos presentes deliberaram por uma nova negociação com o objetivo de antecipar o pagamento para novembro de 2014.

Adicional de insalubridade – Foi garantido o pagamento, na folha do mês de junho, do referido adicional aos servidores que não recebiam desde o mês de novembro de 2013. Afirmou ainda, que após o reajuste financeiro da Prefeitura será realizada a compensação através da criação de outro adicional, conforme acordado na Mesa Municipal de Negociação Permanente (MMNP), para aqueles servidores que, após a emissão do laudos técnicos periciais pela Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas/ Departamentos de Segurança e Saúde no Trabalho (SEMGEP), tiverem direito ao adicional e por ventura houver redução no percentual recebido. Com relação a este tópico ficou acordado que o SIMEGO ficará atento ao cumprimento da promessa com relação à criação deste novo adicional para que não haja redução no salário dos médicos.

Gratificação de Movimentação – Foram realizados levantamentos pelas Secretaria de Defesa Social e Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia para indicação das Unidades de serviço localizadas em áreas remotas e degradadas e da diretoria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde para definição de Unidades de difícil lotação. A negociação com relação a esta demanda será a inclusão de novas unidades nos critérios de avaliação para o recebimento desta gratificação.

Vínculos com garantias trabalhistas e Convocação de Concursados- A SMS afirma que está procedendo o chamamento dos concursados e que caso não seja possível, em razão do término da reserva técnica, completar todo o quadro com servidores efetivos, serão realizados contratos por tempo determinado. E com relação às férias independente dos vínculos, a SMS se dispôs a trabalhar com banco de horas para concessão de descanso remunerado. A comissão dos médicos credenciados irá se reunir para analisar a apresentação de uma nova proposta de negociação.

Após ampla discussão os médicos presentes decidiram manter o indicativo de greve e formar duas comissões distintas: uma de médicos efetivos e outra de médicos credenciados para continuarem a negociação com a SMS de Goiânia. As comissões se reunirão na próxima quarta-feira (09), na sede do SIMEGO, para discutirem sobre as demandas e os próximos passos do movimento. Além disso, os médicos deliberam por realizar novas ações de reivindicação em diversas unidades de saúde, que serão agendadas nos próximos dias.

A AGEP ficou aberta em caráter permanente e uma nova reunião será marcada com data a ser definida. Pedimos aos médicos que fiquem atentos aos nossos informativos e comunicados.