Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.org.br
Fotos
Presidente do SIMEGO fala sobre o Maio Amarelo aos anestesiologistas

1. O Edital de Chamamento Público n°001/2017 publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia, no dia 23 de março,   é para prestação de serviço médico e sendo um contrato precário de trabalho, não prevê direitos trabalhistas aos médicos. Esclarecemos que o melhor vínculo público é o Concurso. Em casos de excepcionalidade, nós aprovamos o Contrato por Tempo Determinado (CTD) até que seja possível a realização de Concurso Público.                       

 

2. Não aprovamos a tabela dos valores preconizada no edital e enviaremos nossa proposta para a SMS.     

                 

3. Esclarecemos que os contratos atuais estão vigentes e só serão rescindidos em comunicado individual para cada médico a ser realizado por sua chefia imediata, como previsto nos itens 18.16 e 18.17 do Edital de Chamamento Público n° 001/2017. Assim, as responsabilidades da Contratante e Contratados se mantêm em vigor, inclusive o direito de receber pelo serviço prestado.

 

4. Aqueles que tiverem interesse individual de assinar este novo contrato, têm a liberdade de fazê-lo e assim concordam com seus termos. Estes deverão observar prazos e documentação a ser entregue no Departamento de Recursos Humanos  da SMS de Goiânia.                       

 

5. O Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO) trabalha em prol de remuneração digna, vínculo de trabalho justo e melhores condições de trabalho para a categoria e apoia qualquer movimento médico que respeite a legalidade e a ética.

 

 

Goiânia, 25 de março de 2017.

 

Rafael Cardoso Martinez

Presidente do SIMEGO